Trabalhar lá fora, tratamento cá dentro
Initial participation:
joao
Sou trabalhador expatriado há já alguns anos.
Tenho conseguido conciliar a dispensa de medicamentos para o tratamento HIV com as minhas vindas ao nosso pais.
Neste Natal, recebi a informação da farmacia do hospital que não estão autorizados a fornecer medicação para mais de 30 dias.
Fiz exposição ao CA do hospital, solicitei dispensa para 2 a 3 meses e aguardo ANSIOSAMENTE pela resposta.
Caso o pedido venha indeferido que hei-de fazer à minha vida:
1) Pôr em causa a parca estabilidade profissional e engrossar as fileiras do desemprego? Não estou a ver o patrão compreender que me tenha que deslocar a Portugal de 30 em 30 dias...
2) Pedir a alguem que me venha trazer a medicação? Quem? A que preço?Alem do mais é preciso ultrapassar uma montanha de burocracia para se obter um simples visto de entrada neste pais mulçumano...

Será que é pedir muito a continuação de dispensa por 2/3 meses e com isso manter a estabilidade profissional, emocional, economica, etc.. etc...

Bom Natal


Participation sent on 2012-12-24 16:59:12



Answers to this participation:
...


Caro colega, felizmente estou na mesma situacao de expatriado...bom para a vida emocional, profissional etc etc mas sempre tenho esse receio dos comprimidos, ate hoje tenho conseguido sempre medicamentos mas com esta crise um dia...sei la, e isso vai estragar a vida toda que felizmente apesar da doenca continua normal...boa sorte para si e para mim

Reply sent on 2012-12-25 23:22:15