Question posted by Carlos Alberto on 06 December 2012

Boa Tarde Sr Doutor Vitor Bezerra.
Como estamos em época Natalina venho desta forma desejar-lhe uma quadra cheia de muita saúde Felicidade.
Como há algum tempo não o venho a molestar com meus problemas, venho agora pedir-lhe a sua sempre valiosa ajuda. Como eu e minha companheira somos portadores do HIV, estando eu a fazer tratamento com a ATRIPLA, sugeriram-nos a toma de Cloreto de Magnésio(diluído em água) para ajudar a purificar o sangue.Sem a ajuda do Sr DR. não entramos nesta terapia.
Grato pela ajuda e atenção
Apresento os melhores Cumprimentos
Carlos Alberto



Answer posted by Victor Bezerra on 06 December 2012

Caro Carlos Alberto:
Desejo-lhe para si e todos os seus o melhor Natal e um Novo Ano que, pelo menos, não agrave os problemas que têm afectado tantas pessoas, nomeadamente as portadoras do VIH.
Quanto ao que refere...não faça misturas...claro que desde há muito tempo que sabemos que o magnésio é fundamental para o trabalho do músculo...mas daí até ter propriedades terapêuticas...excepto se a pessoa em causa tiver deficiência de magnésio...não vejo qual a utilidade. O mesmo não digo em relação a tomar regularmente um comprimido de Vitamina D3 que se sabe ser importante a longo prazo nas pessoas como vocês e nas pessoas não infectadas...há muitoa anos que o digo mas só agora isso faz parte das indicações aos nossos doentes.
Sabe, estamos num mundo onde a internet permite divulgar tudo e mais alguma coisa, sendo que isso sendo de alguma forma útil se torna prejudicial porque há muitos oportunistas que espreitam de ganhar dinheiro com a ignorância dos outros...mas isso vai desde a acunpuntura aos chás de cidreira...há muita forma de enganar o próximo - o chamado conto do vigário - mas isso não é só de hoje...já existe há muito tempo...nas feiras do antigamente aparecia o elixir da eterna juventude, a banha da cobra, etc, etc...hoje há outros engodos...mas que vão ter ao mesmo lado...
Vocês estão a fazer um excelente tratamento e devem mantê-lo...dele depende a paragem do ciclo mortífero do vírus que pode fazer perigar a vossa vida...isso é que nós sabemos de certeza absoluta.
Um abraço
Dr. Victor Bezerra